Inclusão Social

Na Miratus o Badminton é a porta para a inclusão social, uma ferramenta para o desenvolvimento integral do indivíduo.

Ren5- Renata Faustinoata Faustino conheceu o Badminton aos doze anos de idade. Na época, sua deficiência auditiva era vista pela família e pelos professores como um empecilho para o seu desenvolvimento.

Mas o jogo com petecas, que a princípio era somente uma brincadeira, se transformou em profissão. A Associação Miratus trouxe a possibilidade de despertar o talento da jovem atleta, que conquistou muito mais que medalhas: o espírito de superação por meio do esporte.

Em meio a situação de abandono em que crescem as crianças e adolescentes moradores da Chacrinha, Renata se tornou um contraponto aos exemplos da criminalidade que atraem milhares de jovens através de promessas de ascensão social e enriquecimento por vias ilícitas. Teve a oportunidade de ampliar seu universo cultural ao viajar para diversos países. Foi reconhecida internacionalmente pelos seus resultados esportivos e recebeu por vários anos, do Governo Federal, o benefício Bolsa Atleta. Hoje, ajuda o projeto que a descobriu.

Renata abriu novos horizontes para os moradores da Chacrinha. Hoje, várias crianças viajam para fora do Brasil anualmente e cerca de 15 jovens da equipe Miratus são beneficiados pelo Bolsa Atleta.

Parceiros

Obrigado aos nossos Parceiros ! Graças ao apoio de vocês, estamos dando oportunidades a cada vez mais crianças e tornando a Miratus uma referência em esporte e cidadania no Brasil e no Mundo ! Que estas parcerias com vocês, continuem por muitos e muitos anos !